Print Shortlink

Carangola recebe investimentos de R$ 533 mil da Anglo American em 2011

Até o próximo mês, o município de Carangola (MG) terá recebido investimentos no valor de R$ 533 mil da Anglo American em 2011 como contrapartida à construção do mineroduto do Projeto Minas-Rio, o maior investimento da Anglo American no mundo. A maioria desses investimentos foi feita ao longo do ano nos setores de infraestrutura, saúde e educação, e alguns ainda serão realizados nas próximas semanas. 

“Esses investimentos têm sido de extrema importância para a cidade, beneficiando a população de várias formas e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, ressalta o coordenador de Relações Institucionais e com as Comunidades da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, André Vasconcelos. Para a definição das prioridades de investimento no município, a Anglo American realizou consultas à prefeitura e à população de Carangola. 

O prefeito Patrick Neil Drumond ressalta a importância do investimento para o município e espera que a parceria com a Anglo American possa ser fortalecida. “Os recursos irão viabilizar uma série de melhorias para a cidade e também para a população. A nossa expectativa é continuar recebendo o apoio da empresa”, afirma.

No primeiro semestre, segundo Vasconcelos, a empresa doou R$ 33 mil ao Hospital Evangélico de Carangola. O investimento foi destinado à compra de uma mesa cirúrgica, dois monitores de parâmetro, dois carrinhos de emergência e quatro kits laringoscópicos. Além de atender à população de baixa renda do município, o hospital ainda atende pessoas das cidades de Divino, Espera Feliz e Pedra Dourada.

De acordo com um dos cirurgiões do hospital, Wanderley Teixeira Junior, que era o diretor clínico da instituição no período de recebimento dos materiais, os equipamentos contribuíram para o melhor funcionamento do centro cirúrgico. “O material foi extremamente útil e fez com que todas as salas passassem a receber os pacientes, o que não acontecia anteriormente”, afirma.

No mês de outubro, a empresa destinou R$ 150 mil à compra de materiais de construção – brita e pedra – para reformar a entrada da cidade. As obras estão em andamento e a prefeitura é a responsável pela execução. 

Ainda em outubro, a Anglo American doou R$ 250 mil ao município para revitalização da Rua Pedro de Oliveira, considerada a principal via do centro comercial da cidade. O local reúne a maioria das lojas de Carangola e já é tradicional no município. A reforma inclui a construção de um calçadão, aquisição de mobiliário e iluminação. 

O Centro de Estudos da Biodiversidade (CEBio), localizado em Carangola, também recebeu recursos da ordem de R$ 35 mil em outubro. O investimento foi utilizado na compra de equipamentos e montagem do laboratório de botânica do município.

Segundo Vasconcelos, a empresa também concluirá o processo de doação, nas próximas semanas, de uma Kombi e um caminhão de pequeno porte para auxiliar a prefeitura na campanha do combate à dengue. O caminhão já foi entregue e o valor do investimento é de R$ 65 mil. 

Com os investimentos diretos, devido às obras do mineroduto em Carangola, iniciadas em janeiro desse ano e intensificadas no mês de agosto, foram gerados cerca de 170 empregos e a cidade já arrecadou R$ 600 mil em ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) desde 2008, quando a empresa já estava presente na região. Além disso, as obras também têm contribuído de forma direta e indireta para o incremento das vendas no comércio local. 

Vasconcelos também ressalta que Carangola está entre os 10 municípios que serão beneficiados com o aterro sanitário de uso compartilhado, um projeto que beneficiará 110 mil habitantes na região do mineroduto por 26 anos. A Anglo American já investiu mais de R$ 1 milhão em estudos técnicos e na compra de um dos dois terrenos que abrigarão o aterro. 

Sobre o Projeto Minas-Rio

Principal projeto mundial da Anglo American no mundo, o Minas-Rio está em fase de implantação. A empresa investe cerca de US$ 5 bilhões para atingir a capacidade de produção de 26,5 milhões de toneladas anuais de minério de ferro e abastecer o mercado externo a partir do segundo semestre de 2013. O Minas-Rio inclui uma mina de minério de ferro e unidade de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas, em Minas Gerais; o maior mineroduto do mundo com 525 km de extensão e que atravessa 32 municípios mineiros e fluminenses; e o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, no qual a Anglo American é parceira da LLX com 49% de participação, localizado em São João de Barra (RJ). 

Sobre a Anglo American

A Anglo American plc. é uma das maiores companhias de mineração do mundo, com sede no Reino Unido e ações negociadas nas bolsas de Londres e Johanesburgo. Seu portfólio de negócios abrange commodities de alto volume – minério de ferro e manganês, carvão metalúrgico e carvão mineral; metais básicos – cobre e níquel; e metais e minerais preciosos – no qual é líder global em platina e diamantes, entre outros produtos. A Anglo American adota os mais altos padrões de segurança e responsabilidade em todos os seus negócios e localidades e promove o desenvolvimento sustentável nas comunidades próximas às suas regiões de atuação. As operações e projetos de mineração da empresa estão localizados na África do Sul, América do Sul, Austrália, América do Norte e Ásia.A empresa atua no Brasil desde 1973 e hoje está presente no País com quatro negócios: Minério de Ferro, com a operação do Sistema Amapá em Pedra Branco do Amapari e Minas-Rio, o maior projeto de exploração de minério de ferro em desenvolvimento no mundo; Níquel, com operações nas cidades de Barro Alto e Niquelândia, em Goiás; Fosfato (Copebrás), com as operações nos municípios de Ouvidor (GO), Catalão (GO) e Cubatão (SP), e Nióbio, presente nos municípios de Catalão e Ouvidor, em Goiás.

Informações: Lilian Lobato.

Por: Click Carangola

» Envie notícias, sugestões, denúncias, críticas e pedidos para a nossa equipe – clickcarangola@gmail.com

Participe!