Print Shortlink

Adolescente de 13 anos é estuprada e morta dentro de casa; suspeito foi preso

CATAGUASES – A cidade de Cataguases – localizada a aprox. 156 km de Carangola, está de luto pela morte trágica da adolescente Ana Clara Nunes Chagas, de apenas 13 anos, ocorrida neste domingo (09).

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), um homem de 53 anos entrou numa residência no Bairro Sol Nascente para furtar os objetos que estavam dentro do imóvel.

Ao perceber que a garota estava sozinha, o bandido além de roubar objetos de pouco valor, a estuprou e depois a matou por estrangulamento.

A PM foi acionada e em menos de 30 minutos o suspeito foi preso. O homem confessou o crime e foi encontrado com ele os objetos furtados, inclusive o celular da menor.

O crime chocou a população. Durante a prisão, alguns moradores ameaçaram linchá-lo, porém, a PM conseguiu levá-lo até a delegacia da cidade em segurança.

A perícia técnica da Polícia Civil (PC) foi acionada e iniciou as primeiras investigações.

Notas de pesar

Nesta segunda-feira (10) o prefeito do município Willian Lobo lamentou o ocorrido, pediu orações aos familiares da vítima e decretou luto de três dias na cidade.

A Diocese de Leopoldina também se manifestou e emitiu uma nota de pesar direcionada aos familiares da adolescente.

A Câmara Municipal de Cataguases também emitiu uma nota de pesar lamentando o ocorrido e pediu justiça.

Caminhada das Famílias

Depois da notícia ter espalhado por Cataguases, dezenas de pessoas estão organizando, através das redes sociais, uma passeata com o nome “Caminhada das Famílias”.

Segundo os organizadores, a caminhada acontecerá no próximo sábado, dia 15, a partir das 10h. A concentração acontecerá na Praça do Bahamas.

O objetivo da manifestação é pedir justiça às autoridades competentes e dizer não a violência.

Os interessados a participar deverão ir de preto como ato de luto e protesto.

Por: Click Carangola | Com informações Marcelo Lopes e Rádio Muriaé.

Participe!