Print Shortlink

Homem que estuprou e assassinou adolescente de 13 anos é encontrado morto na cadeia

VIÇOSA – O assassino confesso da adolescente Ana Clara Nunes Chagas, de apenas 13 anos, foi encontrado morto no começo da tarde desta quarta-feira, 12 de fevereiro, na cela que ocupava no presídio de Viçosa-MG.

Ele foi transferido para lá na tarde desta terça-feira (11), após ter participado da audiência de custódia no Fórum de Cataguases – cidade localizada a aprox. 156 km de Carangola.

Em virtude da comoção social que o crime obteve na cidade, o juiz responsável pelo caso o encaminhou para aquele município onde aguardaria o julgamento que hoje está sendo tratado como latrocínio, roubo seguido de morte, mas, também poderá ser julgado por estupro, quando o resultado dos exames no corpo da vítima forem concluídos.

Por volta das 15 horas desta quarta-feira (12), José Antônio Felizardo, de 52 anos de idade, foi encontrado morto em sua cela. A causa da morte será investigada por meio de um inquérito policial, mas, a suspeita é de que ele tenha cometido suicídio, já que foi encontrado enforcado.

Entenda o caso

A adolescente Ana Clara Nunes Chagas, de 13 anos, foi encontrada morta com sinais de estupro e espancamento por sua mãe por volta das 14 horas do último domingo (09). O autor, José Antônio Felizardo, de 51 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) minutos depois da comunicação do crime, no Distrito de Sereno. Ele estava com pertences do padrasto da menina e tentava vender o celular da jovem em um bar. Após a prisão, ele confessou o latrocínio e o estupro.

O assassino foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil (PC) em Leopoldina e posteriormente transferido.

Por: Click Carangola | Com informações da PC e Marcelo Lopes.

Participe!