Print Shortlink

Fêmea enfrenta pitbull para defender donos em Uberaba

Uma história poderia ter acabado em tragédia em Uberaba, mas felizmente, uma demonstração de amor incondicional mudou os rumos dos fatos. Duda, uma fêmea da raça fox paulistinha, enfrentou um pitbull para defender os donos.

Ela está na foto que ilustra a tela do computador. Para a família é mais que uma simples cadela. As marcas de sangue ainda estão no chão. Um susto que apavorou até os vizinhos. Duda foi levada ao Hospital Veterinário de Uberaba e se recupera dos ferimentos.

Uma lei estadual de 2006 regulamenta a venda e criação de cães considerados ferozes. Dezessete raças, entre elas, o pitbull, precisam ser cadastradas. O objetivo é estimular a posse responsável. Para isso, os donos precisam comparecer em um Batalhão do Corpo de Bombeiros mais próximo portando documentos pessoais e o cartão de vacina do animal. E sempre que for sair para passear na rua e calçada o cão deve usar coleira e focinheira. Para quem quase foi vítima do ataque a preocupação só aumenta. Para Duda, que recebeu alta nessa quarta-feira (12), agora é vida nova.

O dono do cão informou por telefone que a cadela da raça pitbull é dócil e que esta teria sido a primeira vez que um acidente deste tipo aconteceu. Ele informou ainda que a cadela não tem o cadastro necessário em caso de raças consideradas ferozes.

Por: Click Carangola

Participe!