Print Shortlink

Preso o quarto assaltante envolvido nas mortes de PM e de vigilante em Santa Margarida

ORIZÂNIA – Foi preso neste domingo (16) um quarto assaltante envolvido no assassinato do cabo PM Marcos Marques da Silva, de 36 anos, e o segurança bancário Leonardo José Mendes, de 53, na segunda-feira (10), em Santa Margarida.

De acordo com a Polícia Militar, identificado inicialmente como Daniel Rodrigues Aguiar, de 34 anos, ele foi localizado numa casa próxima ao trevo de Orizânia, na mesma região. Com ele foi apreendida uma arma de fogo.

No dia do crime, outros três bandidos foram presos: Josimar Pereira Rodrigues, de 30, Sirlande da Silva Ferreira, de 27, e Wesley Rosa Firmino, de 21, que estavam escondidos numa mata fechada. Com eles foram apreendidos dinheiro do roubo de uma das agências bancárias de Santa Margarida, armamentos pesados e comida enlatada. Na ação deste domingo, policiais cercaram o imóvel em que Daniel estava escondido e o convenceram a se entregar. Não tendo como escapar, ele saiu junto como os moradores da casa, incluindo crianças.

A ação ousada dos criminosos em Santa Margarida foi à luz do dia na segunda-feira (10). Por volta das 9h, os bandidos armados com espingardas calibre 12 e fuzis 556 assaltaram a agência do Banco Sicoob na cidade. Em seguida, foram para o Banco do Brasil. Nesta segunda tentativa, houve troca de tiros e dois vigilantes foram baleados. Um deles, Leonardo, morreu e outro foi encaminhado para o hospital. Na fuga, os ladrões fizeram reféns que foram levados na carroceria de uma caminhonete. Quando saíam do município, metralharam o cabo, que acompanhava a movimentação.

A morte do PM causou grande comoção entre integrantes das forças de segurança em todo o país. Momentos depois do crime, a Polícia Militar montou uma força-tarefa entre vários batalhões para capturar os foragidos, localizando três deles. As ações policiais seguiram em busca de Daniel, especializado em artefatos explosivos, segundo o prontuário.

De acordo com as informações iniciais, testemunhas diziam que oito criminosos estavam envolvidos na ação, mas a PM confirmou que foram somente os quatro. Porém, na prisão do último envolvido, também foram detidas pessoas que o teriam ajudado a se esconder. Segundo a Polícia Civil, os três primeiro homens presos foram presos em flagrante por latrocínio, sequestro e associação criminosa. Como não houve interrupção as buscas a Daniel, ele também deve ser autuado em flagrante pelos mesmo crimes.

As investigações policiais ainda não apontaram qual dos bandidos atirou na cabeça do cabo Marcos Marques e nas costas do segurança Leonardo Mendes. O corpo do PM foi enterrado na terça-feira, na cidade vizinha de Manhuaçu, onde morava com a esposa, em clima de uma grande comoção e com honras militar. Uma multidão também se despediu do vigilante, no mesmo dia, em Santa Margarida.

Confira as imagens:






Por: Click Carangola

Participe!