Print Shortlink

Corpo encontrado em açude no ES é de jovem atropelado em Espera Feliz

CACHOEIRO – O corpo encontrado no açude da Fazenda São Domingos, zona rural de Guaçuí-ES, no último dia 06, foi identificado por familiares. O lavrador Mirlone Basílio Vieira, de 27 anos, morreu após ser atropelado no município de Espera Feliz – a cerca de 26 Km de Carangola.

Os familiares da vítima já reconheceram o corpo no Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim-ES.

De acordo com informações da Polícia Militar de Espera Feliz, no dia 02 de abril, a mãe de Mirlone procurou a polícia para registrar o desaparecimento do filho. Dois depois, ela recebeu a informação de que ele havia se envolvido em uma confusão, e estaria preso. Ela procurou a delegacia do município, mas foi informada de que ele não estava no local.

A mãe continuou a procura pelo filho, e na última sexta-feira (14), foi informada por uma testemunha de um atropelamento que tinha acontecido no mesmo dia do desaparecimento de Mirlone. Ela procurou outras testemunhas, que confirmaram a informação. Umas das testemunhas, chegou a contar que após o atropelamento, o veículo teria saído em alta velocidade e uma faca tinha caído no local. 

Após as investigações, e com ajuda de imagens de câmeras de segurança, a polícia chegou até o proprietário do veículo, de 37 anos, que tinha procurado a polícia no dia do atropelamento para registrar uma ocorrência de lesão corporal, provocada pela vítima. Ao ser questionado, ele acabou confessando o crime.

Em depoimento, ele disse que passava por uma rua da cidade, quando encontrou com a vítima, seu desafeto, em sentido oposto, e percebeu quando ele colocou a mão na cintura. Imaginando que Mirlone poderia estar armado, o homem acelerou o veículo na direção do lavrador. No momento do atropelamento, ele estava acompanhado de um funcionário, que o ajudou a colocar o corpo da vítima no veículo.

Depois de deixar o funcionário em casa, o homem seguiu em direção ao Espírito Santo com o corpo de Mirlone, e o jogou no açude. O corpo foi encontrado no último dia 06, por funcionários da Fazenda São Domingos, que acionaram a polícia. O corpo estava amarrado em um latão de leite.

A Polícia Civil de Guaçuí-ES, que investigava o caso, encaminhou o inquérito para a Polícia Civil de Espera Feliz-MG, que prosseguirá com as investigações do crime.

Por: Click Carangola | Com informações Folha Vitória.

Participe!