Print Shortlink

Guarda-vidas salvam treze manhuaçuenses de afogamento em Guarapari

GUARAPARI – Treze pessoas foram resgatadas do mar da “Praia do Morro” de uma só vez na manhã deste domingo (17/02).

O grupo de Manhuaçu-MG foi arrastado por uma corrente de retorno e, se não fosse o trabalho rápido das equipes de guarda-vidas, o resultado seria uma tragédia sem precedentes em Guarapari-ES.

Por volta das 11h40 deste domingo, um grupo de amigos de Manhuaçu, Minas Gerais, estava nas proximidades do quiosque 10 e foram alertados pelos guarda-vidas sobre o risco de afogamento na área.

Eles não saíram totalmente da água, ignorando os avisos dos guarda-vidas. Momentos depois um princípio de afogamento começou em outro posto e os profissionais foram ao local dar apoio à outra equipe que fazia o resgate.

Antes mesmo que terminasse este salvamento, o grupo de mineiros foi arrastado pela correnteza para longe da praia e começou a correria. Quatro guarda-vidas que estavam de serviço no local e mais dois que faziam a ronda na praia começaram os salvamentos. Outro guarda-vidas que estava de folga também correu para ajudar no resgate.

Os banhistas têm idades que variam de 09 a 20 anos e apesar do susto, ninguém precisou de atendimento médico. Segundo apurado, os guarda-vidas contaram com a ajuda do pessoal do “jet banana” que auxiliaram com coletes para a retirada de todos.

O fotógrafo Ricardo Ferreira estava em Guarapari e conta que os “guarda-vidas tiveram muito trabalho. Foi um momento tenso. Graça a Deus e a eles não houve óbitos”.

Com a mudança do vento durante a semana, o mar ficou mais revolto e a previsão para os próximos dias é de que a situação piore. É importante os banhistas prestarem atenção às áreas de risco e procurar um guarda-vidas para se orientar sobre os locais que se deve evitar na praia.

Confira as imagens:



Por: Click Carangola | Com informações Portal 27.

Participe!