Print Shortlink

Caso Jane Cherubim: Corpo de Jonas Amaral é encontrado em Dores do Rio Preto-ES

DORES DO RIO PRETO – O corpo de Jonas do Amaral Neto, apontado como principal suspeito de espancar e torturar a namorada Jane Cherubim, no dia 04 de março, foi encontrado na manhã deste sábado (23), na localidade de “Forquilha do Rio”.

A informação foi confirmada pelo advogado de defesa de Jonas, Osmar Aarestrup. Ele informou que está a caminho do local e vai acionar o delegado de Guaçuí para agilizar o processo de perícia.

A região onde o corpo foi encontrado fica entre Dores do Rio Preto e o município de Espera Feliz, em Minas Gerais, próximo a rodovia onde ela foi deixada após a agressão.

A Polícia Civil (PC) foi procurada, mas ainda não deu retorno sobre o caso.

O caso

Jane Cherubim da Silva, de 36 anos, e o namorado Jonas do Amaral Neto, de 34, apontado como principal suspeito da agressão, estavam em um bar quando foram embora discutindo. Segundo a família da vítima, Jane foi espancada e largada às margens de uma rodovia, na altura de uma comunidade conhecida como “Forquilha do Rio”, que fica entre Dores do Rio Preto e o município de Espera Feliz, em Minas Gerais.

A moça foi localizada por dois irmãos dela. Eles contaram que, quando encontraram a irmã, pensaram que ela estava morta. Jane foi socorrida e levada para um hospital de Carangola, em Minas Gerais. Apesar da gravidade do caso, Jane não teve traumatismo craniano e não precisou ser encaminhada para o Centro de Terapia Intensiva (CTI).

De acordo com informações de um funcionário, ela deixou o hospital na tarde de domingo (10) acompanhada de familiares. Jane estava internada na Casa de Caridade de Carangola, em Minas Gerais, maior centro de referência em saúde de toda a região, desde o dia do crime.

Jonas é o principal suspeito de espancar, violentar e torturar a namorada Jane Cherubim, no dia 04 de março, em Dores do Rio Preto, na região do Caparaó. Desde o dia do crime, a família do suspeito diz que não tem notícias de Jonas, que possui um mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio. Ele é procurado pela Polícia Civil (PC) do Espírito Santo e de Minas Gerais.

Por: Click Carangola | Com informações Folha Vitória.

Participe!