Print Shortlink

Chuvas torrenciais deixam cidades embaixo d’água; municípios decretam situação de emergência

REDAÇÃO – Moradores da Região de Carangola estão ilhados desde a noite desta sexta-feira (24), devido aos danos provocados pelo transbordamento de rios e córregos, durante a chuva que atinge a região desde quinta-feira (23).

O nível do Rio Carangola ultrapassou 5 m. Estima-se que pelo menos 50 mil pessoas tenham sido atingidas na região. Carangola e demais municípios vizinhos devem decretar situação de emergências nas próximas horas.

Após os órgãos governamentais de Orizânia-MG e de Divino-MG confirmarem oficialmente o rompimento de uma represa na Comunidade da Fumaça (Orizânia), a Defesa Civil de Carangola realiza a todo instante o monitoramento do volume de água que está descendo em direção à Divino e Carangola.

“Essa informação é importante para se ter uma estimativa de quantos metros o nível da água poderá atingir ao chegar em Carangola”, afirma Luciano Neves, Coordenador da Defesa Civil.

A previsão é de que às 04 horas da manhã a água da represa que se rompeu em Orizânia esteja chegando em Divino. Já em Carangola, está previsto que todo esse volume chegue às 11 horas da manhã deste sábado (25).

“A Defesa Civil pede tranquilidade à população de Carangola e em breve repassará novas informações acerca das áreas da cidade que precisarão tomar as medidas de segurança e de prevenção para evitar prejuízos ainda maiores”, destaca Neves.

Setores da Prefeitura de Carangola estão de prontidão para atender a população. Foram preparados abrigos na Escola Municipal Antônio Marques, Creche do Triângulo, Creche da Caixa D’Água e no SESI Carangola, com alimentos, equipe de cozinheiras e também equipe de profissionais de saúde que trabalham nos PSFs. As igrejas também prontificaram-se a oferecer abrigo às famílias que necessitam.

A Defesa Civil vai continuar monitorando o nível do Rio Carangola e informando sobre as mudanças climáticas. Para maiores informações e alertas de situações de emergência entre em contato com a Defesa Civil através do 199 (horário comercial) ou (32) 99925-3826  – plantão via WhatsApp – 24h.

Confira as imagens:














Por: Click Carangola

Participe!