Print Shortlink

Taxista é preso após estuprar adolescente de 13 anos; encontros eram marcados pelas redes sociais

MANHUAÇU – A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Manhuaçu, prendeu o cidadão identificado pelas iniciais R. D. R., nesta quarta-feira (29/05).

Ele foi denunciado pela prática do crime de estupro de vulnerável, cometido contra uma adolescente de 13 anos.

As investigações apontaram que o denunciado (que é casado legalmente com um homem) teria abusado sexualmente da filha de uma antiga amiga do casal. Ele teria mantido relação sexual com a vítima no quarto da mãe da menor, sendo que os encontros eram marcados pelas redes sociais.

O exame de corpo de delito realizado confirmou os abusos sexuais e constatou que ocorreu violência sexual (ruptura himenal) e sexo anal.

Ainda no decorrer das investigações, segundo a Polícia Civil (PC), foi confirmado que o acusado é portador do vírus HIV e que, durante os abusos, não usou preservativo, expondo a menor a risco de contaminação.

A delegada da mulher, Dra. Adline Ribeiro, representou pela prisão preventiva do acusado R. D. R que foi preso e conduzido para a delegacia de Manhuaçu. Durante a tarde, foi recolhido ao Presídio de Manhuaçu e se encontra à disposição da Justiça.

Ainda de acordo com a PCMG, exames laboratoriais determinados pela delegada e realizados no tempo e modo previstos em normas técnicas demonstraram que a violência não resultou a contaminação da vítima.

Por: Click Carangola | Com informações da PC e P. Caparaó.

Participe!