Print Shortlink

Jovem é morto a tiros e outras 2 pessoas são baleadas no Bairro Gaspar

MURIAÉ – Um jovem de 21 anos foi morto e outros dois homens foram feridos em um atentado a tiros, ocorrido no Bairro Gaspar na noite deste sábado (10).

Deyvson Douglas Dias Lataliza era morador do bairro, assim como as outras duas vítimas, e mesmo atingido por quatro tiros, incluindo um na testa, conseguiu correr para sua casa, onde morreu.

Um rapaz de 29 anos estava com Deyvson e foi ferido no abdômen, sendo hospitalizado em estado grave. Já o terceiro baleado foi atingido em sua cozinha, por uma bala que atravessou uma de suas mãos e acertou um armário.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar (PM), testemunhas disseram que Deyvson e um colega de 29 anos estavam sentados na calçada, em frente à casa do jovem assassinado quando um automóvel VW Gol G5 de cor prata chegou, parou e um homem desceu do carro de arma em punho e começou a atirar na direção dos dois rapazes.

Segundo os relatos, Deyvson correu para sua residência, foi atingido por vários disparos e caiu dentro da garagem do imóvel. Já o amigo correu para um beco e foi perseguido pelo atirador. Ele foi atingido na barriga e socorrido pelo corpo de Bombeiros ao Hospital São Paulo (HSP).

O terceiro baleado, a princípio, nada tinha haver com a situação e foi vítima de uma “bala perdida”. O homem foi ferido na cozinha de sua casa por um projétil que atravessou uma de suas mãos e atingiu um armário. Conforme o B.O., o rapaz contou que ouviu som de tiros e que foi baleado ao correr para fechar a porta, afirmando não ter visto o autor dos disparos, e que foi levado ao HSP por um vizinho.

De acordo com a PM, a perícia da Polícia Civil (PC) constatou que o jovem morto foi atingido por quatro tiros, sendo um na testa, dois na perna esquerda e um na perna direita.

Tiros atingiram a parede e uma porta de aço de uma igreja evangélica onde um culto era realizado e não houve feridos entre os fiéis.

Os militares relatam no registro que três moradores do Gaspar foram apontados como possíveis autores do atentado e que o crime pode ter ligação com o tráfico de drogas.

A PM realizou rastreamentos, porém, os suspeitos não foram localizados e a PC vai investigar o caso.

Confira as imagens:










Por: Click Carangola | Com informações da PM e Rádio Muriaé.

Participe!